Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

estrategiaeexcelencia

estrategiaeexcelencia

25.Jul.10

FUI....

Em conclusão para esta semana, tive uma idéia:

 

Tiremos tempo para ler, aprender e principalmente, ouvir.

 

Sim ouvir os outros, nossos familiares, nossos amigos, enfim, pessoas que nos cercam...

 

Outra coisa, não fiquemos nos lamentando pelas coisas que deram errado no passado...

 

Bola "pra frente" e continuemos a lutar!!!

 

Para despedir-me, fiquem com uma frase sublime que ouvi ao rever um filme recentemente:

 

"Se nos agarramos ao passado, morremos um pouco a cada dia... Eu, prefiro viver"

 

Uma boa semana a todos e espero que tenham apreciado.... FUI.........
25.Jul.10

TURBINAS EÓLICAS MATAM MORCEGOS...

Em Alberta, Canadá, tem se achado morcegos mortos abaixo de turbinas de vento, noticia a revista Scientific American. Isso deixou pesquisadores perplexos, em vista das habilidades notáveis dos morcegos de voar e usar o seu sistema de sonar. Mas os pesquisadores descobriram hemorragias internas em 92% das vítimas examinadas, concluindo que o delicado sistema respiratório dos morcegos não aguenta a queda repentina da pressão do ar criada pelas hélices das turbinas. A velocidade nas extremidades dessas hélices pode chegar a 200 quilômetros por hora. Morcegos migratórios insetívoros são os mais afetados e teme-se que as turbinas eólicas venham a desestabilizar ecossistemas. (fonte: Revista Despertai, Julho de 2010)
25.Jul.10

O OLHO DA MARIPOSA...

A maioria das mariposas voa principalmente à noite. Ao passo que algumas criaturas noturnas são vistas quando um raio de luz faz seus olhos brilhar, a mariposa tem um recurso para não ser vista - o reflexo da luz em sua córnea é bem menor.
A córnea da mariposa é diferente. Ela é formada por conjuntos de saliências microscópicas dispostas em padrões hexagonais. As saliências "são menores que o comprimento de onda da luz visível", comentou Peng Jiang, professor adjunto de engenharia química ne Universidade de Flórida, EUA. O formato e o tamanho desses conjuntos possibilitam que o olho da mariposa retenha luz de vários comprimentos de onda e de ângulos. As minúsculas saliências têm apenas de 200 a 300 nanômetros de altura. A título de comparação, a expessura média de um fio de cabelo humano é de 800 mil nanômetros!
Engenheiros esperam que um conhecimento mais profundo da córnea da mariposa ajude a aperfeiçoar diodos emissores de luz (LEDs) e monitores de cristal líquido (LCDs), que costumam ser usados em aparelhos eletrônicos. A estrutura do olho da mariposa também pode ser usado no aproveitamento da energia solar. Painéis solares de silício podem refletir até 35% da luz - um desperdício significativo de energia. Mas, copiando as saliências organizadas do olho da mariposa, Jiang e seus colegas fabricaram um painel de silício que refletia menos de 3% da luz. "Podemos aprender muito dessas estruturas natirais",conclui Jiang. (fonte: Revista DESPERTAI, Julho de 2010)

Pág. 1/10