Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

estrategiaeexcelencia

estrategiaeexcelencia

DEPOIS NÃO ADIANTA RECLAMAR!!!

Educação

 

Esta imagem que circula na internet, tem realmente MUITO A DIZER.....

Apesar de destacar o que acontece no Brasil (especificamente falando) não é só um "problema brasileiro"....

A educação de hoje está a cem anos luz de ser correta, boa e coerente....

Senão, vejamos:

1. Os pais acham a "coisa mais linda" os filhos falando palavrões em idade bem tenra (e ainda os incentivam)

RESULTADO: Depois se envergonham quando o filho (a) solta um palavrão terrível na frente de pessoas que deveriam tratar com respeito....

2. As tais "danças" da moda (na sua maioria, explícitas) são incentivadas por muitos pais, sim, acham uma graça e não se dão conta que a mensagem de tais danças, insinuam o sexo, as mulheres sendo tratadas como objeto...

RESULTADO: Baixa auto-estima e PÉSSIMOS RELACIONAMENTOS NO FUTURO, na vida adulta.

3. Mães incentivam as filhas a usarem roupas curtinhas...são "lindinhas" e esquecem-se que o tipo de roupa que usam, descrevem bem que tipo de pessoas são.....mesmo que não tenham esta intenção ao usá-las!!!!

RESULTADO: Preconceito e pré-julgamento da personalidade e caráter da pessoa.....

Enfim, depois os resultados, são os descritos na imagem....

Eu sei....podem me "taxar" de antiquado, retrógrado, dinossauro e que não conheço nada de moda, que estou vivendo em outra época....não há problema!!!! Assumo isso, porém, ainda acredito na moral e bom senso das pessoas e ainda acho que a educação, os valores, a ética e a personalidade, são sentimentos e qualidades que deveriam ser ensinados aos nossos filhos e quando vejo a forma como os jovens hoje se vestem, a forma como falam, como escrevem, no que pensam, me pergunto:

"É esta a nossa futura geração????

Estes são aqueles que serão o futuro do país????"

Meu Deus, estamos "tramados"...como diria o cantor e compositor brasileiro Raul Seixas, "Parem o mundo que eu quero descer"................

COMO DAR ADEUS AO CIGARRO!

fumo

Se você deseja parar de fumar, existem diversas formas de parada.

Escolha a que for melhor e a melhor data para não fumar mais:  

•Parada abrupta (mais eficaz), jogar o maço no lixo e não fumar mais.

•Redução gradual, ou seja, contar quantos cigarros fuma por dia, determinar quantos cigarros serão diminuídos por dia.  NÃO ESQUECER DE JOGAR O RESTANTE NO LIXO.

•Adiamento gradual, adiar em 1 hora o 1º cigarro que fuma no dia até parar.

Planeje para que na forma de redução gradual ou adiamento em 2 semanas não esteja mais fumando.

O cheiro e os objetos associados ao hábito de fumar são perigosos, portanto para facilitar o distanciamento e o esquecimento do cigarro tome as seguintes providências: 

•Troque os lençóis,

•Lave as roupas pessoais,

•Lave o carro,

•Retire os cinzeiros,

•Doe os isqueiros,

•Jogue no lixo os cigarros

•Evite hábitos associados (café, bebidas alcoólicas...).

Identifique em qual momento o cigarro está presente em seus hábitos e inicie com as mudanças.

ASSOCIAÇÕES                        MUDANÇA DE HÁBITOS                                                                    
                                                                                 

Café                                         Chá calmante gelado

Falar ao telefone                     Caneta e papel na mão

Após as refeições                    Escovar os dentes

Bebida alcoólica                      Evitar no início

Ir ao banheiro                         Ler uma revista

Dirigir                                      Caneta na mão 

 

O que pode acontecer quando você parar de fumar?

A primeira reação é o forte desejo de fumar, que é chamado de fissura.

Você pode aprender a controlá-la, pois ela só dura 1-5 minutos.

Cada vez que for controlada ela voltará mais fraca e com menos freqüência e você será um vitorioso, pois estará vencendo a dependência.

Outras reações que podem ocorrer são: Irritabilidade, ansiedade, insônia, dificuldade de concentração, prisão de ventre, sede, dores de cabeça.

Não é necessário que todas estejam presentes e costumam durar menos do que 2 semanas.

Peça ajuda de familiares ou amigos que possam estar ao seu lado nesses primeiros dias.  

(Fonte:CRATOD / Secretaria de Estado da Saude de São Paulo)  

(Texto enviado por minha querida amiga, Maria Tereza)

Pág. 1/13