Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

estrategiaeexcelencia

estrategiaeexcelencia

29.Abr.15

VAMOS DANÇAR?

images.jpg

 

Confesso que, nesta ARTE eu realmente não me dou bem (rsrsrsrsrsrsrs) prefiro tocar do que dançar, no entanto, estou determinado a pelo menos "tentar" aprender, afinal, se a dança faz tudo aquilo que dizem que faz, realmente VALE A PENA APRENDER!

O Dia Mundial da Dança celebra-se todos os anos a 29 de abril.

A data foi criada em 1982 pelo Comité Internacional da Dança (CID) da UNESCO, que escolheu o dia 29 de abril como o Dia Internacional da Dança.

A comemoração tem por base o dia de nascimento de Jean-Georges Noverre, que nasceu em 1727 e foi um dos grandes nomes mundiais da dança.

Comemorações do Dia Mundial da Dança

A celebração do Dia Mundial da Dança tem como objetivo celebrar esta arte e mostrar a sua universalidade, independentemente das barreiras políticas, culturais e éticas.

Neste dia são várias as atividades desenvolvidas por associações, escolas e outras entidades ligadas à dança, para promover esta arte que é vista como linguagem universal, promotora de ideais como a liberdade de expressão e a igualdade de direitos.

Espetáculos, workshops e palestras são algumas das iniciativas que decorrem no Dia Mundial da Dança.

Frases Sobre Dança

  • "Perdido seja para nós aquele dia em que não se dançou nem uma vez!" Nietzsche
  • "Não é o ritmo nem os passos que fazem a dança mas a paixão que vai na alma de quem dança." Augusto Branco
  • "Dançar é sentir, sentir é sofrer, sofrer é amar... Tu amas, sofres e sentes. Dança!" Isadora Duncan (Fonte: http://www.calendarr.com)

Tendo dito isto, nada como começar a "praticar" com quem sabe....

28.Abr.15

SIGNIFICADO DE EXPRESSÕES POPULARES (PARTE 22)

im.jpg22. FAZER TÁBUA RASA 

Significado: Esquecer completamente um assunto para recomeçar em novas bases.

Origem: A tabula rasa, no latim, correspondia a uma tabuinha de cera onde nada estava escrito. A expressão foi tirada, pelos empiristas, de Aristóteles, para assim chamarem ao estado do espírito que, antes de qualquer experiência, estaria, em sua opinião, completamente vazio. Também John Locke (1632-1704), pensador inglês, em oposição a Leibniz e Descartes, partidários do inatismo, afirmava que o homem não tem nem ideias nem princípios inatos, mas sim que os extrai da vida, da experiência. "Ao começo", dizia Locke, "a nossa alma é como uma tábua rasa, limpa de qualquer letra e sem ideia nenhuma. Tabula rasa in qua nihil scriptum. Como adquire, então, as ideias? Muito simplesmente pela experiência"