Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

estrategiaeexcelencia

estrategiaeexcelencia

BRASIL....ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL....

250px-Rio_Grande_do_Sul_in_Brazil.svg.png

Rio Grande do Sul é uma das 27 unidades federativas do Brasil. Localizado na Região Sul, possui como limites o estado de Santa Catarina ao norte, o oceano Atlântico ao leste, o Uruguai ao sul e a Argentina a oeste. Sua capital é o município de Porto Alegre. As cidades mais populosas são: Porto Alegre, Caxias do Sul, Pelotas, Canoas e Santa Maria. O relevo é constituído por uma extensa baixada, dominada ao norte por um planalto. Antas, Uruguai, Taquari, Ijuí, Jacuí, Ibicuí, Pelotas e Camaquã são os rios principais. O clima é subtropical e a economia do Estado se baseia na agricultura (soja, trigo, arroz e milho), na pecuária e na indústria (de couro e calçados, alimentícia, têxtil, madeireira, metalúrgica e química). 

Em 1627, jesuítas espanhóis criaram missões, próximas ao rio Uruguai, mas foram expulsos pelos portugueses, em 1680, quando a coroa portuguesa resolveu assumir seu domínio, fundando a Colônia do Sacramento. Os jesuítas espanhóis estabeleceram, em 1682, os Sete Povos das Missões. A primeira redução jesuítica dos Sete Povos foi São Francisco de Borja (atual cidade de São Borja), fundada em outubro de 1682. Os portugueses chegaram em 1737 com uma expedição militar de José da Silva Paes, iniciando com Forte Jesus Maria e José a cidade do Rio Grande, primeira cidade do estado do Rio Grande do Sul, quando tomou posse da lagoa Mirim, impedindo a partir de então a entrada dos invasores da Corôa Espanhola. A partir de 1740 há uma organização para a vinda dos açorianos para o estado. Em 1742, os colonizadores fundaram a vila de Porto dos Casais, depois chamada Porto Alegre. As lutas pela posse das terras, entre portugueses e espanhóis, tiveram fim em 1801, quando os próprios gaúchos dominaram os Sete Povos, incorporando-os ao seu território. Em 1807, a área foi elevada à categoria de capitania. Grupos de imigrantes italianos e alemães começaram a chegar a partir de 1824. A sociedade estancieira passou então a coexistir com a pequena propriedade agrícola, diversificando a produção. Durante o século XIX, o Rio Grande do Sul foi palco de revoltas federalistas, como a Guerra dos Farrapos (1835-45), e participou da luta contra Rosas (1852) e da Guerra do Paraguai (1864-70). As disputas políticas locais foram acirradas no início da República e só no governo de Getúlio Vargas (1928) o Estado foi pacificado. 

É o estado mais ao sul da federação, conta com o quinto maior PIB - superado apenas por São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Minas Gerais -, o quinto mais populoso e o sexto Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) mais elevado. O estado possui papel marcante na história do Brasil, tendo sido palco da Guerra dos Farrapos, a mais longa guerra civil do país. Sua população é em grande parte formada por descendentes de portugueses, alemães, italianos, africanos e indígenas. Em pequena parte por espanhóis, poloneses e franceses, dentre outros imigrantes. 

Em certos locais do estado, como a Serra Gaúcha e a região rural da metade sul, ainda é possível ouvir dialetos da língua italiana (talian) e do alemão (Hunsrückisch, Plattdeutsch). Esse estado brasileiro originalmente teve sua economia baseada na pecuária bovina que se instalou no Sul do Brasil durante o século XVII com as missões jesuíticas na América, e posteriormente expandiu-se aos setores comercial e industrial, especialmente na metade norte do Estado. O Rio Grande do Sul foi apontado em 2014 pelo The New York Times como o "lugar com mais traços europeus do Brasil". Embora o estado esteja em situação de decadência econômica acentuada, é onde há o maior número de idosos e a segunda maior expectativa de vida e onde os trabalhadores são mais bem remunerados, tendo uma das menores taxas de analfabetismo, violência, e mortalidade infantil do país. Mesmo com bons indicadores sociais, o Rio Grande do Sul sofre com a disparidade econômica entre a metade norte (considerada rica e industrial) e a metade sul (considerada pobre e agrária) (Fonte: Wikipedia) 

Alguma Curiosidades deste belo estado............

- O Rio Grande do Sul é o terceiro estado com maior número de municípios, atrás de Minas Gerais e São Paulo. Ao todo, são 497 cidades gaúchas.

- Os municípios mais populosos do Rio Grande do Sul são, por ordem: Porto Alegre, Caxias do Sul, Pelotas, Canoas, Santa Maria, Gravataí, Viamão, Novo Hamburgo, São Leopoldo e Passo Fundo.

- Porto Alegre é a décima capital mais populosa do Brasil (1.413.094 habitantes), mas a sua região metropolitana é a quarta maior ( 3.718.778 habitantes).

- Os habitantes do Rio Grande do Sul são chamados de riograndenses-do-sul, su-riograndenses e gaúchos. Mas gaúchos também são os homens dos pampas argentinos e uruguaios. Segundo a Wikipédia, a palavra gaúcho veio do espanhol e significa “valente, nobre, generoso”.

- O estado brasileiro que mais elegeu presidentes da República direta ou indiretamente foi o Rio Grande do Sul. Foram, no total sete presidentes: Hermes da Fonseca, Getúlio Vargas, Arthur da Costa e Silva, Emílio Garrastazu Médici, Ernesto Geisel e Dilma Roussef. João Goulart assumiu o cargo, como vice-presidente, com a renúncia de Jânio Quadros. Apesar de ter nascido em Minas Gerais, Dilma Roussef viveu grande parte de sua vida no Rio Grande do Sul.

- Existem na região de Porto Alegre vestígios de ocupação humana com cerca de 11 mil anos de idade.

- Porto Alegre é a capital mais ao sul do Brasil.

- A Lagoa dos Patos é a maior laguna do Brasil e a segunda maior da América Latina.

- A rodovia mais ao sul do Brasil é a gaúcha RS-699.

- Os pampas ocupam 66% da área do estado do Rio Grande do Sul.

- A cidade gaúcha de Caxias do Sul é o segundo polo metal-mecânico do país e um dos maiores da América Latina. Possui o 34º maior PIB do Brasil.

- O principal evento do Rio Grande do Sul é a Semana Farroupilha, em homenagem aos líderes da Revolução Farroupilha. A Semana Farroupilha é comemorada entre 14 e 20 de setembro.

- Você já ouviu falar na Paleorrota? Pois a Paleorrota é uma área de geoturismo situado no centro do Rio Grande do Sul. É rica em fósseis com idade entre 210 e 290 milhões de anos. Nela, foram encontrados fósseis de guaibassauros (em homenagem à cidade de Guaíba), rincossauros, estauricossauros e outras espécies de dinos.

- Os brasileiros normalmente associam a Serra Gaúcha às cidades de Gramado, Canela, Caxias do Sul e Bento Gonçalves. Ela, porém, é muito maior. Além dessas cidades, fazem parte da Serra: Nova Bassano, São Francisco de Paula, Farroupilha, Veranópolis, Flores da Cunha, Dois Lajeados, Garibaldi e Serafina Corrêa, além de outras.

- O maior polo turístico do Rio Grande do Sul é a cidade de Gramado. Ela atrai todos os anos milhares de turistas ávidos por conhecer o Mini Mundo (parque com réplicas em miniatura de diversas construções famosas), o parque Knorr e o Museu do Chocolate. Gramado também é conhecida pelo Gramado Aleluia (evento realizado durante a Páscoa), o Natal Luz (que ocorre no final do ano) e o Festival de Cinema de Gramado.

- Uma das mais antigas festas populares do Rio Grande do Sul – e talvez do Brasil – é a Festa Nacional da Uva, realizada em Caxias do Sul. Sua origem remonta ao ano de 1931 (embora alguns afirmem ter se iniciado como um evento agrícola no século XIX). Os pontos altos da festa são o desfile de carros alegóricos e a eleição da rainha da Festa da Uva. Os temas mudam todos os anos, mas normalmente fazem referência à imigração europeia ou à uva.

- A população da cidade de Santana do Livramento, na divisa com o Uruguai costuma falar com seus vizinhos da fronteiriça Rivera uma mistura de português e espanhol chamada de portunhol ou portunhol riverense. As pessoas costumam atravessar a fronteira para fazer compras, trabalhar, namorar e até dar à luz. Santana do Livramento e Rivera são cidades distintas de países diferentes, mas que funcionam como uma única comunidade.

- Alguns gaúchos famosos: Érico Veríssimo (escritor), Gisele Bündchen (modelo), Xuxa (apresentadora de TV), Luís Fernando Veríssimo (escritor), Mário Quintana (poeta), Elis Regina (cantora), Lupicíno Rodrigues (compositor), Lya Luft (escritora), Yeda Maria Vargas (miss universo), Walmor Chagas (ator), Caio Fernando Abreu (escritor), Luís Felipe Scolari (técnico de futebol), Carlos Reinchenbach (cineaste), Apparecido Torelly (jornalista e escritor conhecido como Barão de Itararé), Luís Carlos Prestes (político e líder comunista), Adriana Calcanhoto (cantora), Kleiton e Kledir (irmãos cantores e compositores), Ronaldinho Gaúcho (jogador de futebol), Glória Menezes (atriz), Iberê Camargo (pintor), Nelson Gonçalves (cantor), Tizuka Yamazaki (cineasta), Paulo José (ator), Caco Barcellos (jornalista), Leonel Brizola (político) e Ana Hickman (apresentadora de TV)  (Fonte: http://www.maiscuriosidade.com.br) 

(Observação: os dados desse texto são de 2013)

Assim sendo, HOJE, acabamos de dar "uma volta" por todos os Estados brasileiros! Começamos no Norte, e fomos descendo até chegar ao Sul! Espero que tenham gostado da "viagem" e como sempre digo, o que foi apresentado aqui, é uma PEQUENA AMOSTRA do que há de mais interessante e belo neste país tão distinto de tantos outros......o GRANDE Brasil!

Obviamente que o Brasil, com todos os seus probelmas e defeitos, nem tudo são "flores"....ainda tem muitos espinhos na sociedade, na vida política e social mas o que temos de melhor a apresentar, sem dúvida alguma, além das paisagens e pontos trísticos, é a hospitalidade e simpatia deste povo que acima de tudo, não importando a sua situação financeira ou social, tem sempre um SORRISO no rosto e está sempre pronto a ajudar, por isso tudo, vale a pena conhecer este GRANDE PAÍS.