Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

estrategiaeexcelencia

estrategiaeexcelencia

VOCÊ SABIA?

images.jpg

 

E então? Vocês assim como eu, gostam de coisas curiosas? Vamos a mais? Então anotem aí: 

- É verdade que nossas orelhas não páram de crescer?

Nossas orelhas estão sempre crescendo porque são feitas de cartilagem. Ao contrário dos ossos, a cartilagem não depende de certos hormônios que com o tempo se tornam escassos. Por isso nunca páram de crescer. O mesmo acontece com o nariz. 

- O lado direito do corpo é igual ao lado esquerdo?

Não, a simetria do corpo não é perfeita. Um braço de uma pessoa pode ser mais curto do que o outro, sem que isso seja um defeito físico. Mesmo nos órgãos internos, as diferenças existem. Os pulmões, por exemplo, são diferentes. O lado direito tem três divisões (ou lobos) e é maior que o esquerdo, que só tem dois lobos. 

- Para que serve a saliva?

A saliva tem várias funções: lubrifica e umedece o interior da boca para facilitar a fala e transformar os alimentos numa massa fácil de ser digerida; ajuda a controlar a quantidade de água no organismo (quando o corpo está com falta de água, a boca fica seca, surgindo a sede) e também tem a função de dificultar a cárie, ao circular na boca e remover restos de alimentos e bactérias. Diariamente, passam pela boca de 1 a 2 litros de saliva produzidos pelas glândulas salivares. 

- Para que serve o apêndice?

O apêndice originalmente fazia parte do intestino grosso. Nos animais herbívoros, ele tem a função de uma bolsa de fermentação, onde bactérias digerem a celulose. No ser humano o apêndice é bastante atrofiado e não exerce funções digestivas. A única coisa que faz em nosso corpo é produzir glóbulos brancos – ainda assim em quantidades pouco representativas. Quando fica inflamado, deve ser removido. 

- Para que serve o umbigo depois que nascemos?

Para nada. Depois do nascimento, após ter servido de elo entre a mãe e o feto, o umbigo passa a ser apenas uma cicatriz no corpo. 

- Pensar queima calorias?

As células nervosas - neurônios - tiram energia do oxigênio e da glicose para realizar as actividades cerebrais. Os neurônios gastam de 7 a 10 miligramas de glicose por minuto para cada 100 gramas de peso do cérebro. Isso corresponde a uma variação de 0,028 a 0,040 caloria por minuto. Em oito horas de reflexão, por exemplo, uma pessoa gasta o equivalente a uma bala: 16 calorias.

Na próxima semana teremos mais ok?