Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

estrategiaeexcelencia

estrategiaeexcelencia

PROFISSÃO: VENDEDOR...

IMG-20191001-WA0024.jpg

Bom dia, Boa tarde, Boa noite.....

Espero que todos vocês, leitores, amigos, seguidores ou meros curiosos que lêem este simples blog, estejam bem!

Como sabem, NÃO GOSTO DE DATAS COMEMORATIVAS, no entanto, algumas delas, tenho que mencionar...

E desde já, quero referir que todos os vendedores ou representantes comerciais que labutam, se esforçam e que procuram ser diferentes (ou acrescentar algo novo) estão DE PARABÉNS!

Hoje, dia 01 de Outubro, dizem que é o "NOSSO DIA", porém, o dia do vendedor deveria ser relembrado durante 365 dias, afinal, sem esta peça fundamental de TODA EMPRESA, não haveriam vendas, lucros, empregos ou mesmo crescimento....

Descrevendo o que é um vendedor, um grande amigo da área de vendas enviou-me um texto muito interessante que quero compartilhar convosco:

Para todos aqueles que são, foram ou ainda serão.

De acordo com o ponto de vista o vendedor é:

1 - Gerente:               - É uma cota de vendas ou um alfinete no mapa;

2 - Contador:            - É um custo de vendas;

3 - Auditor:               - É uma conta de gastos excessivos;

4 - Esposa:               - É  um tonto que não sabe mais nada, se não trabalhar:

5 - Sogra e amigos:   - É um folgado que passa o dia inteiro na rua:

Entretanto:

- Ele precisa ter a resistência de Hércules, a arte de Maquiavel, o tato de um diplomata, a eloquência de um orador, o encanto de um homem de sociedade e a agilidade de um matemático;

- Deve ser impermeável, aos insultos e às queixas, à indeferença, à côlera, ao desprezo e aos efeitos dos aperitivos que toma em companhia de um cliente;

- Tem que ser capaz de vender todos os dias, entreter alguns clientes durante à noite, dirigir pela madrugada até a cidade mais próxima e estar em seu trabalho as 7:20 hr com o bom humor de um rosa;

- Tem que ser entendido em futebol e carteados, contar boas anedotas, ser homem de negócio bem informado, agradável, companheiro de mesa e atencioso, ouvinte de histórias tristes e anedotas pesadas;

Bem quisera que seus produtos fossem ainda melhores e mais bem aceitos, seus preços menores, a sua comissão mais elevada, sua zona de vendas melhor, seus concorrentes mais leais, sua mercadoria entregue a tempo, seu chefe simpático, seu marketing mais eficiente e seus clientes mais humanos;

Entretanto ele é realista, sabe que nada disso acontecerá, mais é otimista e de qualquer maneira realiza a sua venda;

Viaja solitário em seu carro ou moto, sabendo que a solidão de um estrada é sua única companheira para o mês seguinte;

A cada dia carrega nos ombros o peso morto das vendas do mês ou ano passado e a cota requerida para o mês seguinte, tendo a única certeza que ao chegar no fim do mês tudo recomeça;

Terminando o trabalho de rua, tem de redigir essa maldição do vendedor: - o relatório de vendas;

Apesar de tudo isso não deseja outra coisa na vida, e é ele mesmo o primeiro a proclamar que sua vida é isso.

Enviado por Sérgio Evaristo Barbosa

E então? Não acham que é mesmo uma profissão e tanto?

 

3 comentários

Comentar post